Comida e inspiração


Um dos grandes prazeres da vida, a comida não podia deixar de ser fonte de inspiração. Há algo mais inspirador do que um prato ao mesmo tempo saboroso e belo?
No best seller (atualmente o livro favorito de 8 entre 10 mulheres) Comer, Rezar, Amar, a comida representa, para a personagem principal (autobiográfica), o prazer. E o prazer de comer foi parte de sua trajetória em busca do equilíbrio entre desfrutar os prazeres da vida e se aproximar do divino.
No cinema, Como Água para Chocolate foi, pra mim, marcante. Um filme que tem a comida como pano de fundo e é belíssimo, inclusive e sobretudo em seu conteúdo.
Até na TV a comida me inspira: não resisto à beleza dos pratos preparados pelos participantes do reality Top Chef, que aliás inicia uma nova temporada, a ser transmitida nos Estados Unidos, nesse mês.
Não quero falar mais sobre literatura, mas por outro lado não podia deixar de citar esse trecho do livro Afrodite, de Isabel Allende, absolutamente oportuno:

“As mãos expressam
nossas intenções:
acariciam, confortam, castigam,
trabalham. A mão boa
para fazer um molho
é como a mão boa
para fazer uma massagem,
atributo valioso e escasso.
Os molhos sensuais, esses
que o amante guarda em segredo
como se fossem um tesouro, junto
com os gestos mais íntimos e
atrevidos, requerem imaginação.”

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: